Mar Morto…e surreal!

Como assim eu ainda não tinha escrito nada sobre o icônico Mar Morto? Pois é, resolvi escrever depois da última visita porque gosto de manter fotos novas e sempre estar atualizada ao invés de procurar nos arquivos para escrever. Pensando nisso, visitei o Mar Morto tem duas semanas, logo após a reabertura dos hotéis por aqui e ainda sem turismo internacional.

O Mar Morto é o lugar mais baixo do planeta terra, cerca de 400 mts abaixo do nível do mar. Na verdade ele é um lago entre Israel e a Jordânia. Se chama Mar Morto porque o altíssimo nível de sal não permite que haja vida. Se no mar temos 30gr de sal por litro, no Mar Morto tem 300 gramas! Isso acontece por causa da localização e do clima desértico e seco. A água que deságua nessa depressão principalmente vinda do Rio Jordão evapora rapidamente ficando os sais e os minerais tornando a água densa que faz o corpo boiar.

Saímos às 7hrs de Tel Aviv em direção à praia de Ein Bokek pela cidade de Arad. O outro caminho seria por Jerusalém. Eu gosto muito de descer por Arad porque passando a cidade a paisagem começa a ficar linda com estradas de curva e montanhas em vários tons de beges típicos do deserto. Também é impressionante ver a paisagem mudando do verde que temos no centro para a cor de terra, a vegetação desértica, árida e com acampamentos beduínos.

Ein Bokek

Chegamos às 9hrs na praia de Ein Bokek, onde estão localizados os hotéis e resorts do lado israelense do Mar Morto. A praia de Ein Bokek tem estacionamento pago (com aplicativo), chuveiros a céu aberto, banheiros, lojinha que vende bebidas, picolé e protetor solar. É essencial escolher uma praia com infra estrutura ou pelo menos chuveiros porque a água salgada incomoda muito no corpo.

Como é boiar no Mar Morto?

Entrar no Mar Morto é uma sensação muito diferente! A água é oleosa, o sal pode incomodar mas a medida que você vai se sentindo à vontade, solta o corpo e deixa que a água naturalmente leve seu corpo para cima. É muito importante não molhar o rosto e é recomendado ficar no máximo 20 minutos na água. Saindo de lá, você vai querer correr para o chuveiro de água doce e se gostar da experiência, pode repetir!

Algumas dicas:

  • Não deixa a água entrar em contato com o rosto e com os olhos
  • Procura não se raspar antes e se tiver algum machucado cobrir com band aid
  • Prender o cabelo e não molhar é melhor
  • É recomendado retirar anéis, colares, pulseiras e etc porque podem escurecer
  • As pedras de sal machucam o pé, então melhor entrar com uma sandália
  • Tenta encontrar cantos com menos gente para bater foto e curtir em paz

Outras opções de praia

Ein Bokek é uma praia pública e grátis que fica no sul do Mar Morto. Indo para norte existem outras opções. Todas elas pagas mas com infra estrutura e chuveiro de água doce que é o mais importante de tudo!

Neve Midbar– com uma praia legal, área para churrasco, bar e loja de conveniência essa praia tem um público mais jovem de israelenses e turistas

Biankini– de estilo marroquino, tem restaurante e hotel. Fica cheia nos feriados e alta temporada com muitas famílias israelenses

Kalia– a mais turística de todas fica há 30 min de Jerusalém e oferece uma ótima infra- estrutura. Lá você encontra a lama natural do Mar Morto mas o caminho da entrada até o mar é bem longo.

Se você estiver alugando carro pode chegar facilmente a todas essas praias e conjugar seu passeio com a Fortaleza de Massada e o Oásis de Ein Gedi. A outra opção é pegar um passeio regular de um dia podendo incluir também essas outras visitas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s